Dinheiro Economia Finanças

Importância do planejamento financeiro

Uma das coisas que mais me surpreende é com a total falta de cultura financeira do povo brasileiro, que não faz ideia da importância do planejamento financeiro.

planejamento financeiro

É praticamente uma regra, com raríssimas exceções, independente de classe social, financeira, cultural ou intelectual.
Realmente algo para se lamentar, derivado talvez pela falta do ensino desta matéria nas escolas ou nos lares, aonde simplesmente vamos aprendendo com a vida.

Aos trancos e barrancos e muitas vezes nos vemos em barrancos extremamente difíceis de sairmos, não é verdade?

Não consigo entender

Eu não consigo entender como que um cidadão pode comprar determinados produtos, um sapato, por exemplo, e optar  pelo pagamento parcelado.
Não existe a menor lógica num comportamento assim, ao invés de pagar à vista e não precisar mais em pagar nada no mês seguinte, ele prefere ter o produto de forma imediata e adiar a quitação do bem, deixando para o(s) mês (es) seguinte(s) o pagamento total.
Estou passando um exemplo de uma pessoa que não tem o dinheiro na hora, no entanto, muitas pessoas têm o valor necessário, mas mesmo assim, optam pelo pagamento parcelado, achando mais interessante do que o pagamento à vista.

Planejamento financeiro é fundamental

Eu pessoalmente, entendo que o pagamento à vista é bom para ambas as partes:

 Para o comprador:

  1. a) que pode exigir do comerciante um desconto sobre o valor etiquetado,
  2. b) sabendo que no mês seguinte não necessitará se preocupar com mais uma prestação;
  3. c) e o que é melhor, no mês seguinte ao invés de gastar com a dívida, pode pegar tal valor e poupar, legal não é?

Para o vendedor:

  1. a) receberá toda a sua margem de lucro de forma imediata,
  2. b) não receberá calote;
  3. c) com este dinheiro à vista pode investir em sua loja

Esta “imediatez”  exigida pela maior parte das pessoas é muito ruim, pois eles não se programam para adquirirem os bens que desejam; acham mais fácil, ir correndo à loja e comprarem o produto dos sonhos e parcelarem em infinitas prestações, independentemente do aumento que irá custar tal parcelamento, sendo que o produto muitas vezes terá vida mais curta do que o financiamento feito.

Planeje o planejamento financeiro.

Seria mais lógico, planejarem a aquisição daquele bem, mesmo que para isto, seja necessário poupar por um, dois ou quantos meses forem necessários e chegarem ao vendedor e pagarem à vista, sem nenhuma preocupação no tocante à prestações intermináveis.
Todos comentam que o crédito no Brasil hoje é muito fácil de se conseguir e vêem isto como um beneficio enorme e realmente o é quando bem administrado,quando consciente, porém podemos citar um exemplo muito vivo que é o da aquisição de veículos novos, tantas e tantas pessoas estão andando de carros novos,  como se isto fosse a coisa mais importante do mundo, no entanto não possuem uma casa própria; ou seja, o carro tem muito mais valor do que uma casa.

Há algo errado neste comportamento? Não podemos generalizar, pois de repente, tal pessoa necessita diariamente de tal meio de transporte, é um viajante, mora longe do trabalho, o carro é o seu instrumento de trabalho; etc.

Então existem situações e situações, porém a grande maioria, prefere andar de carro novo do que ter uma casa própria, mesmo que para isto, tenha que fazer financiamento de 60, 70 meses, carnês tão grossos como uma bíblia e ainda entendem que fizeram um bom negócio. Realmente houve um excelente negócio, porém não foi para o comprador.

Valor real pago

Já pararam para pensar qual será o valor real deste carro ao final do financiamento e qual foi o valor efetivamente pago?

Você terá pago 2, 3 carros iguais àquele que você comprou, naquele suposto negócio da china.

E pior ainda, se desejar vender aquele bem, imagine o estado em que estará, venderá por 10%, 20% do valor pago pelo financiamento.
Entendo que hoje, a aquisição de um carro, seja à vista ou parcelado, nunca é um bom negócio.

Entretanto, vai da necessidade e se você pode se planejar para tal aquisição, com certeza,  lucrará, ou perderá menos, na pior das hipóteses .
Portanto, antes de comprar baseado no impulso, querendo comprar naquele exato momento, adie um pouco o seu desejo.

Planeje-se para comprá-lo, visto que desta forma você necessariamente, obterá melhores condições.

Veja outras matérias sobre o planejamento financeiro, clicando aqui.

Use as setas para navegar

Leave a Comment