Dinheiro Economia Finanças

Cheque especial: você está devendo?

Considero excelente a pessoa ter crédito disponível, ser disponibilizado a ela um valor razoável de limite para o cheque especial e o cartão de crédito.

Use o cheque especial com cuidado.

Por mais que você tenha consciência de que usar tais serviços costuma encarecer o preço dos produtos.
No entanto, em situações excepcionais eles podem ser muito úteis e ajudar na consecução de um excelente negócio.
Porém, por mais que o contribuinte tenha conhecimento desta realidade absoluta, de que tal serviço é muito caro.
Ainda assim atreve-se a usá-lo de forma displicente e irresponsável, comprometendo o já apertado orçamento doméstico.
Há poucos dias, um leitor questionou-me sobre como fazer para solucionar a sua divida com o cheque especial que tem se arrastado por vários meses e já não consegue deixar a sua conta corrente no azul.

Não abuse.

Não que seja um valor absurdo, no entanto, como ele depende unicamente do salário mensal, praticamente todo valor fica para o pagamento do cheque especial e aí forma aquela bola de neve:
Por exemplo, o salário é depositado na conta e paga o limite e ele novamente usa o cheque especial para custear as despesas do mês.
E este círculo vicioso nunca tem fim. Ele estará sempre pagando o limite acrescido de juros, corroendo progressivamente o seu salário mensal mês após mês.
Não devemos nos esquecer de que o juro mensal do cheque especial, normalmente, é mais de dez por cento ao mês; um juro altíssimo!
Seguramente, o que ele deveria fazer, é tentar colocar a casa em ordem, cortando as despesas supérfluas e ir diminuindo a divida junto ao cheque especial.
Outra alternativa viável é fazer um empréstimo bancário, que com toda certeza,cobra juros menores do que o cheque especial e quitar toda a divida.

Empréstimo consignado.

Tal empréstimo se for um consignado, terá taxas muito mais atrativas do que as disponibilizadas para cheque especial ou cartão de crédito.
Porém se ele tiver a sua disposição apenas o CDC, embora tenha taxa mais alta do que o consignado, mesmo assim é melhor do que a taxa cobrada no limite da conta.
Vale ressaltar, de que o empréstimo consignado dispõe de juros muito mais atrativos, em razão de que é uma transação que oferece menos riscos à instituição financeira.
Afinal, você já é descontado, antes de receber.
Visto que o pagamento do empréstimo é descontado da folha e repassado da empresa do tomador direto para o banco.
Em conclusão, é importante ele quitar a sua divida e esquecer que tal valor está disponibilizado em seu saldo bancário, tentando utilizar dele, apenas em momentos de extrema necessidade e gravidade.
Use as setas para navegar

1 Comment

Leave a Comment