carros Dicas Veículos

10 cuidados antes de comprar um carro usado

Há pessoas interessadas em comprar um carro, mas essas pessoas não têm dinheiro para comprar um carro novo, então decidem comprar um carro usado, por isso é importante ter cuidado, veja aqui 10 cuidados antes de comprar um carro usado.

10 cuidados antes de comprar um carro usado

Comprar um bom carro usado com vários anos de uso e que diminuiu seu preço parece muito bom. Você precisa ter cuidado e levar em consideração alguns detalhes, pois, caso contrário, poderá acabar comprando um carro com muitos anos de uso e com muitos problemas, que afetam sua economia constantemente precisando corrigi-la.
Deve-se levar em consideração o tempo do modelo, para que seja mais fácil encontrar um seguro que cubra todos os riscos.

1.- De preferência é um carro com bom marketing

É importante levar em consideração a marca, o modelo do veículo e a referência, pois se você comprar um carro com pouca difusão no mercado ou com serviço pós-venda ruim, você terá vários problemas.

corrigi-lo caso algo esteja errado e custará mais trabalho para vender.

2.- Como está dentro?

Você deve verificar quais são as condições do motor, pneus, óleo e todos os componentes do carro. Não hesite em perguntar, rever.
Verifique as juntas do comportamento do motor. Se pintados, indicam que um reparo foi realizado após um acidente.
No caso de um caminhão, você pode olhar embaixo, bem na área do tubo de escape que fica perto do motor. Isso informará se ele foi usado em lama ou medidor. Se houver muito calibre, ficará muito desajustado e se houver muita lama, o piso do caminhão poderá apodrecer.
O lubrificante ou óleo da caixa de engrenagens pode ser misturado com alguns materiais pastosos, a fim de evitar sons agudos, prestar atenção ao ruído da transmissão durante o test drive é muito importante.
Ligar o carro com as luzes acesas é uma boa maneira de verificar o estado da bateria. Se o motor arrancar facilmente, significa que a bateria está em boas condições.

 

3.- Como é do lado de fora?

Você tem que começar com o estado da tinta. Caso seja danificado, arranhado ou repintado em algumas peças com um trabalho de baixa qualidade, é um sinal de que o veículo não recebeu os melhores cuidados.
Procure sinais de grandes saliências ou amassados ​​no corpo do carro, incompatibilidade entre as peças ou sinais de grandes reparos. Se vir juntas, cabos ou parafusos pintados, é um mau sinal.
Da mesma forma, os óculos também não devem expirar ou arranhar. As janelas laterais devem subir e descer sem problemas; além disso, as maçanetas que abrem as portas também devem estar em boas condições.

4.- O interior do veículo

Você deve verificar o estofamento e o tapete, que não devem estar muito desgastados ou danificados, os bancos.
É claro que o motor não deve ter nenhum tipo de vazamento, nem deve emitir ruídos anormais ou estranhos quando está em funcionamento, pois esse é um indicador claro de que algo está errado com o motor.
Quanto ao painel do carro, você deve verificar se os controles, luzes e buzina devem funcionar corretamente. O volante de preferencia não muito desgastado, assim como os pedais e a “palanca”.

 

5.- Não tome decisões rápidas, não compre o primeiro veículo que você gosta

O objetivo é comprar um bom carro, vários carros precisam ser verificados antes que uma decisão final seja tomada. Certifique-se de que sempre que você vê um carro esteja em plena luz do dia, para que nem os mínimos detalhes escapem.
Verifique minuciosamente se você tiver um problema mecânico, como rede elétrica, estrutura, arranhões, umidade, corrosão, etc … Uma das melhores coisas que você pode fazer é levar o veículo a uma oficina especializada. Dessa forma, você pode ter uma imagem muito mais precisa do estado do veículo que está pensando em comprar e se precisará gastar dinheiro para corrigir alguns detalhes e fornecer manutenção imediata.

6.- A quilometragem é sempre importante

Para se ter uma ideia melhor, aqui é normal que um carro usado em uma cidade viaje cerca de 20 mil quilômetros em um ano. Fazendo uma multiplicação simples, você pode ver a quilometragem percorrida na vida útil do veículo e determinar se é maior que a média.
Se a quilometragem for muito maior que a média, você deve ter muito cuidado, pois um carro usado em excesso tem mais peças desgastadas, significa que você terá que gastar mais dinheiro para consertá-lo e comprar peças novas.

Claro que sempre tem os malandros que modificam a quilometragem, mas estas são mais difíceis de descobrir.

7.- O test de direção é obrigatório

Bem, você deve solicitar ao vendedor um test drive como um “candidato”. Não importa se é ele quem dirige, mas lembre-se de que ele deve fazê-lo pelo tempo que achar necessário, pois não falta o carro que funciona bem no início, mas depois de alguns minutos você percebe alguns problemas.
Em primeiro lugar, nesse momento, é importante desligar o rádio para poder ouvir o motor e qualquer ruído estranho que ele faça da melhor maneira possível.

Além disso, também é importante verificar a suavidade com a qual as mudanças de velocidade são feitas, o estado da embreagem, a direção.

Também se o carro faz algum tipo de fumaça e a direção do veículo que você está pensando em comprar, especialmente em terrenos diferentes, como subidas e ruas em aquele que pode aumentar a velocidade para ver a potência do carro.
Lembre-se de que o som do motor deve ser suave e uniforme. Caso detecte algum ruído estranho, você deve mencioná-lo na oficina em que leva o carro.
A caixa deve fazer as alterações sem problemas e não forçá-las, apalanca não deve ter folgas e não deve emitir sons após a mudança de marcha.

Acima de tudo, quanto ao sistema de direção, ele deve ser preciso e suave, sem mostrar folga antes de mover os pneus.

Se houver folga, significa que há desgaste, se mudar para um lado, significa que há danos à suspensão ou que a direção está muito gasta.

8.- Tenha muito cuidado com as pessoas que vendem carros

Anúncios em jornais, páginas de vendas de carros ou produtos de segunda mão têm muitas opções de compra bastante impressionantes. .
Mas lembre-se sempre de que você está prestes a comprar um carro usado de um completo estranho, você não sabe se ele é honesto ou não.

Para esclarecer, ele pode tentar te enganar, alegando que o carro funciona perfeitamente para que, 4 dias depois para comprá-lo, você acaba descobrindo que comprou uma bomba.
Você pode fazer a compra em um estabelecimento usado que tenha uma certa reputação e que pareça confiável. Independentemente se você for a um estabelecimento que pareça confiável ou se o comprar de uma pessoa através de um anúncio, aqui a melhor coisa a fazer é levar o carro com um especialista para que ele revise o carro completamente e o vendedor não possa enganar, se essa era sua intenção desde o início.

9.- Os documentos do carro devem estar em ordem

O CRV é o documento que descreve as características do veículo, como chassi, número da placa, tipo de combustível, ano e modelo.

Para concretizar a compra/Venda do veículo, será necessário:

  • CRV preenchido e assinado pelo antigo proprietário, com firma reconhecida em cartório;
  •  CRLV do veículo (original e cópia);
  •  RG e CPF do novo proprietário (original e cópia);
  •  Comprovante de endereço do comprador (original e cópia, de no máximo três meses antes);
  •  Duas vias do formulário do Renavam, disponível nos sites dos Detrans de cada Estado;
  •  Dois decalques do chassi;
  •  Comprovante de pagamento da taxa de emissão da nova CRV e dos demais débitos, caso existam.

10.- Não esqueça que os carros também têm passado judicial

É importante revisar o passado legal do carro. Isso pode ser feito na divisão automotiva do DETRAN.

Você pode consultar as multas do seu veículo no site do Detran de seu estado, Você precisa digitar o código RENAVAM do veículo e/ou a placa do carro

Em conclusão, lembre-se de que é um investimento que você fará e que precisará cuidar do seu dinheiro e de sua família; é importante que o carro esteja em boas condições e faça uma compra inteligente, por isso montamos estes 10 cuidados antes de comprar um carro usado.

 

Não deixe de ver outras dicas sobre veículos, clicando aqui.

Use as setas para navegar

Leave a Comment